Início/Sem categoria/Construção civil em 2022: o que esperar

Construção civil em 2022: o que esperar

A construção civil em 2022 reserva uma série de mudanças operacionais e um incentivo muito maior ao uso de tecnologias nas mais diversas etapas de obras civis. Ainda mais no meio da construção civil, onde a postura inovadora infelizmente não é plenamente adotada.

Ainda notamos muitas construtoras que permanecem estáticas em suas metodologias de conexão entre as etapas de projeto e de obra, ao mesmo passo que relegam medidas de preservação ambiental, práticas de conformidade e de segurança.

Sabemos que diversas dessas empresas simplesmente não tem uma estrutura para adotar tais medidas, mas de modo a prestar os melhores serviços possíveis é imprescindível que estejam a par com as práticas e exigências do mercado como um todo. Afinal, é uma questão de sobrevivência.

E foi pensando nisso que nós da Pirâmide elaboramos o artigo a seguir, no qual exploramos algumas das principais tendências para o mercado de construção civil em 2022, indo desde mudanças no uso de tecnologias, novas medidas processuais e uma dinamização geral de projetos.

Se interessou? Então acompanhe conosco!

Boa leitura!

 

Um panorama do mercado de construção civil no Brasil

Como todo o mercado econômico específico, existem demandas e tendências específicas que variam de país para país, geralmente em função de prioridades socioeconômicas, possibilidades e limitações das grandes metrópoles, grau de planejamento urbano, disponibilidade de tecnologias de ponta, etc.

Em um país como o Brasil, cujo planejamento urbano devidamente planejado conta com pouquíssimos exemplos, a prática da construção civil passa a ser um tanto mais complicada. 

Desde a pavimentação de vias até a construção de edifícios, o meio da construção civil brasileira — em sua ampla maioria — ainda opera com maquinários antigos e técnicas de construção ultrapassadas, cenário esse que vem sendo enfrentado nesses últimos anos pelos setores mais progressistas do mercado.

 

3 tendências para a construção civil em 2022

Com esse clima de avanços se aquecendo no cenário da construção civil em 2022, listamos abaixo três das principais tendências desse ano que prometem finalmente colocar a construção civil em um novo patamar de excelência

 

1) Planejamento e gerenciamento de processos através de BIM

BIM (Building Information Modeling), termo traduzido no português como Modelagem de Informações de Construção, é uma tecnologia que parte do princípio da modelagem digital de projetos em renderização tridimensional, compilando o que há de melhor e mais avançado em softwares de planejamento e gerenciamento de construções em uma única plataforma.

Plataformas virtuais que trabalham com o BIM realizam uma integração simples e intuitiva entre todos os dados vitais para o projeto de construção, desde aspectos vinculados a sua gestão até etapas de planejamento, possibilitando uma visualização fiel do resultado final do projeto através da ferramenta 3D.

E como a redução de erros e retrabalhos é uma preocupação primária de qualquer projetista, plataformas BIM possibilitam a análise e verificação de possíveis problemas que podem acometer o projeto arquitetônico — possibilidade que possui um valor inestimável tanto para projetistas quanto para os trabalhadores.

 

2) Maior foco em medidas de sustentabilidade

Apesar de medidas sustentáveis que se alinhem com princípios de preservação ambiental já estarem em andamento no mercado, o meio da construção civil em 2022 ainda tem muito trabalho pela frente para chegar ao mesmo patamar liderado pelas demais indústrias.

O que é curioso, pois a maioria das técnicas que focam em estratégias de sustentabilidade são igualmente benéficas para as obras de construção civil

Citamos aqui exemplos como os sistemas de reaproveitamento de água da chuva, projetos com placas solares e a utilização de materiais com processos de manufatura com impacto reduzido no meio ambiente como exemplos práticos de como um projeto pode se aproveitar de medidas sustentáveis, de modo a otimizar as mais diversas etapas de construção.

E em um nível mais profundo, temos a digitalização de processos, efetivamente reduzindo o consumo e desperdício de papel, ao mesmo passo que dinamiza o acesso de dados para todas as partes envolvidas no projeto.

 

3) Utilização de estruturas pré-moldadas

Apesar de já serem um componente natural do mercado, a utilização de estruturas pré-moldadas — ou estruturas modulares, como também são conhecidas — terá, por certo, um papel muito mais notável no meio da construção civil em 2022.

Entre as muitas vantagens das estruturas pré-moldadas, destacamos aqui o dinamismo operacional que oferecem as obras, contribuindo para reduções significativas de custos, desperdícios e retrabalhos. São também excelentes aliadas para a redução de impactos ambientais, já que muitas estruturas pré-moldadas contam com processos de manufatura 100% sustentáveis — com muitos usando matérias primas recicladas.

Por fim, lembramos que identificar as tendências do mercado é apenas o início para que a sua empresa possa ganhar a vantagem e sair na frente da competição, oferecendo uma variedade de serviços que estejam alinhados com as demandas dos clientes e com as técnicas e tecnologias praticadas pelo .

Gostou das dicas sobre o cenário da construção civil em 2022? Então não deixe de visitar o blog da Pirâmide e seguir nossos perfis no Facebook e no Instagram para mais conteúdos como esse!

Por |10 de janeiro de 2022|0 Comentários

Sobre o Autor:

Avatar

Deixar Um Comentário