Início/Bloco de concreto/Sustentabilidade: blocos de concreto são fabricados com resíduos de madeira

Sustentabilidade: blocos de concreto são fabricados com resíduos de madeira

Uma tecnologia “brazuca” desenvolvida por pesquisadores maranhenses inova e reutiliza resíduos de madeira da indústria moveleira para a fabricação de blocos de concreto utilizados pela indústria da construção civil.

Um dos objetivos da pesquisa é diminuir os danos originados pela utilização do concreto tradicional ao meio ambiente. Paralelo a isso, a diminuição do preço dos imóveis em função do baixo custo de fabricação dos itens de concreto é de grande relevância para o setor da construção civil, principalmente nos estados mais pobres da União.

[Social: construção de moradias de interesse social para famílias de baixa renda]

 

A pesquisa durou 6 anos e foi balizada, sobretudo, nas propriedades da madeira da paparaúba. Os blocos alternativos de concreto fabricados com resíduos da madeira foram submetidos a testes de resistência mecânica e apresentaram o dobro de resistência quando comparados aos blocos tradicionais.  

A paparaúba foi escolhida por melhor se adaptar às propriedades da água e do cimento no processo de fabricação do concreto.

 

Etapas de produção do bloco de concreto sustentável

O artefato de concreto fabricado com resíduos de madeira envolve três etapas, que são:

1- Seleção da madeira: escolha do material de melhor compatibilidade com água e cimento;

2- Granulometria: separação do resíduo de madeira em função do seu diâmetro;

3- Resistência mecânica: após a fabricação do bloco de concreto, a peça é submetida a ensaios de esforços mecânicos. Tração, compressão e cisalhamento são testados nesses ensaios.

 

Bloco mais leve

Já sabemos que – em média – blocos de concreto fabricados com o reaproveitamento da madeira apresentam o dobro da resistência mecânica dos blocos tradicionais. Além disso, outra característica construtiva interessante é o fato de blocos sustentáveis apresentarem 33% do peso dos blocos constituídos de brita, areia, cimento e água.

 

Novos estudos

Após o sucesso fabril das peças sustentáveis, a pesquisa orientou-se a descobrir novas aplicações para as sobras de madeira. O passo seguinte será a construção de edificações empregando apenas materiais pré-fabricados de concreto à base de restos de madeira. Para tanto, pesquisadores vêm realizando todos os testes necessários a fim de garantir materiais mais resistentes, ecológicos e duradouros.

 

Objetivo maior

Em tempos de crises climáticas, escassez de energias não renováveis e poluição desenfreada – é salutar descobrir soluções inovadoras que contribuem com a sociedade em geral.

É sob esse prisma que o papel do resíduo de madeira se faz necessário, pois diminui exponencialmente os impactos sobre a natureza pela redução do lixo produzido e reintroduz as novas sobras de fabricação na linha de produção do novo concreto.

 

Interessante, não é? É pensando nisso que a indústria de pré-moldados busca incansavelmente soluções sustentáveis e inovadoras – tendo como propósito social, a preservação do meio ambiente.

E você? Gostaria de conhecer as soluções que a Piramide tem para a sua construção? Então sinta-se à vontade e entre em contato conosco, você é o nosso convidado!

Por | 2019-01-16T15:21:23+00:00 15 de janeiro de 2019|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário