Início/Elementos vazados/Elemento vazado e a sua importância em construções sustentáveis

Elemento vazado e a sua importância em construções sustentáveis

Sabemos que no universo da construção civil e, sobretudo, no da arquitetura, com seus projetos sofisticados e arrojados, elegantes e despojados […] minimalistas e cleanelementos construtivos são o alicerce para qualquer ambiente confortável e funcional.

Um desses elementos, sem dúvida, é o elemento vazado ou cobogó.

Agora, precisamos saber o que é um elemento vazado e onde pode ser aplicado.

 

Um breve histórico sobre os Elementos Vazados

O elemento vazado é um artefato construtivo brasileiro, criado em 1929 – em Recife.

A ideia inicial era criar estruturas para paredes a fim de manter a ventilação dos ambientes, uma vez que o calor nordestino sempre se notabilizou pelas altas temperaturas.

Sua inspiração baseou-se nos Muxarabis, elementos da arquitetura árabe que permitem a ventilação de casas e preservam a privacidade das famílias que nelas residem. 

Inicialmente, esses elementos foram fabricados em concreto e com o passar do tempo adotaram outros materiais em sua composição. Hoje, encontramos elementos vazados em cerâmica, vidro, acrílico, pvc, resina e madeira.

 

O porquê da importância desses elementos

Existem inúmeras vantagens e benefícios na utilização dos cobogós em projetos arquitetônicos e de engenharia. Por se tratar de um recurso estratégico que aumenta a eficiência bioclimática, separando ambientes sem prejuízos à luz natural e ventilação, é amplamente empregado nas mais diversas soluções construtivas.

Por seu aspecto geométrico favorável, customização de fácil trabalhabilidade e processo fabril excelente, a sua utilização permite construção racionalizada, observando: ventilação, iluminação e controle solar – vetores de qualidade e conforto ambiental.

Como abordado, quando empregado de maneira adequada nos espaços e ambientes, melhora o índice de qualidade do ar por meio de troca constante.

Outros detalhes muito importantes são: criação de ambientes aprazíveis e redução de gastos com energia elétrica em função da não utilização de climatização artificial.

O elemento vazado, quando o assunto é iluminação, torna-se um excelente dispositivo em função da refração e dissipação dos raios solares incidentes sobre a edificação ou estrutura. Dessa forma, a iluminação é distribuída entre os ambientes de maneira harmônica e equilibrada.

 

Como utilizar o Elemento Vazado?

Muito presente no estilo modernista nas décadas de 1950 e 1960, principalmente nas grandes obras da arquitetura de Lúcio Costa, iniciou sendo utilizado na divisão de espaços internos e, a posteriori, na composição de fachadas ventiladas.

Como o próprio nome já diz, a estrutura é vazada, ou seja, é necessário um cálculo preciso e detalhado quando aplicada em áreas com alturas superiores a 3 metros. O cálculo é de suma importância devido à fragilidade que essas peças apresentam quando submetidas a cargas de compressão.

Normas que amparam a utilização dos Elementos Vazados:

1- NBR 05712

2- NBR 07173

3- NBR 07184

 

O sucesso do emprego dos elementos vazados em projetos construtivos depende também da incidência solar sobre as estruturas em questão e das correntes de ar que por elas circulam.

Duas normas abordam esses tópicos, são elas:

1- NBR 15220

2- NBR 8995

 

Exemplos clássicos da utilização dos Elementos Vazados

Placas, painéis, blocos, em estilos variados e com “cheios e vazios” estilizados possibilitam o sucesso de qualquer projeto arquitetônico e o encantamento de pessoas e clientes. A imensidão de materiais  que – hoje em dia – são empregados na fabricação da estrutura permite o desenvolvimento de projetos altamente criativos, sendo possível “brincar” com cores e formas.

 

Clima

O elemento vazado, como já sabemos, é um excelente agente de controle solar. Refrata e dissipa a incidência da radiação e correntes de ar.

Para tanto, precisamos compreender como funciona o aspecto bioclimático de cada região do País para a melhor utilização desses elementos.

 

→ Excelente aplicação para regiões com climas quentes e úmidos. Possui ótima absorção de água e calor.

→ Em climas frios ou secos, onde a qualidade do ar é imprópria, não recomendamos a aplicação dos elementos vazados em fachadas ou áreas externas.

 

Sustentabilidade

O elemento vazado, por suas propriedades físico-químicas, é uma excelente alternativa para edificações sustentáveis. Muito indicado para regiões quentes com alto índice de umidade.

Quando bem utilizado, transforma-se em vantagem competitiva em estratégias bioclimáticas. A sua participação está cada vez mais presente em projetos que apresentam o uso racional de tecnologias construtivas.

 

Gostou de saber um pouco mais sobre elemento vazado e sua importância em construções sustentáveis? Para ficar por dentro ainda mais sobre este e outros assuntos, acompanhe a Piramide no Facebook, Instagram e Linkedin!

Por | 2018-12-17T17:25:42+00:00 17 de dezembro de 2018|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário