Início/Bloco de concreto/Os tipos de blocos de concreto e suas aplicações

Os tipos de blocos de concreto e suas aplicações

Definição de concreto

De maneira simples, concreto é – sem sombra de dúvidas – o material mais utilizado na construção civil. Basicamente, o concreto conhecido por todos nós é composto por uma mistura de água, cimento e agregados.

Os elementos mais comuns no concreto são:

Aglomerante – cimento Portland

Agregado miúdo – areia natural

Agregado graúdo – pedra britada

Aditivo – plastificantes retardadores de pega

Adições – metacaulim, cinza volante, pozolanas, cal

Água

 

O que são blocos de concreto?

Os blocos de concreto são artefatos construídos com concreto (é claro!), também conhecidos como blocos de cimento. Muitos apresentam dois grandes furos verticais e são, tradicionalmente, utilizados para construir muros e paredes.

Historicamente, surgiram em 1902 para oferecer maior segurança às construções, sobretudo, de casas, escolas e hospitais.

Quando falamos no emprego do bloco de concreto, a sua maior participação acontece em alvenaria estrutural. Porém, também é ótima opção para estruturas com alvenaria de vedação.

 

Blocos de concreto – composição

Partindo da premissa que concreto é uma mistura homogênea de cimento, areia, água e agregados, o bloco de concreto – a rigor – apresenta a mesma composição. A forma do bloco se dá quando o concreto, já com o traço definido (proporção entre água, cimento e agregados), é levado por caçambas à vibroprensa onde, por meio de formas, o formato de definido.

Os blocos de concreto apresentam formas e resistências à compressão diferentes. Dependem de alguns fatores como: traço, adição de pigmentos inorgânicos durante a fase da mistura e – vibração e compressão estabelecidas pela vibroprensa.

 

Tipos diferentes de blocos de concreto

Agora que já falamos um pouquinho sobre concreto e sua composição – blocos de concreto e sua fabricação – precisamos abordar os aspectos mais importantes desses artefatos: os tipos de blocos, suas respectivas resistências e suas aplicações.

Como mencionamos acima, formato e resistência do bloco de concreto se dão a partir da passagem da mistura de concreto pela vibroprensa. É lá, a priori, que fabricamos os diferentes tipos de blocos de concreto encontrados no mercado.

Os tipos mais comuns de blocos são divididos por categorias e classes. Da seguinte maneira:

Famílias: M10, M15 e M20 

Classes (resistência em MPa):

  • Classe A: > 8 MPa
  • Classe B: 4 a 8 MPa
  • Classe C: 3 a 4 MPa

 

Tipos de blocos de concreto e aplicações

Aprendemos que os blocos de concreto são peças imprescindíveis no mercado da construção civil. Trazendo aquele conceito dos pré-fabricados ao bloco de concreto em si, podemos dizer que a peça também traz excelentes resultados – além das diversas reduções e economias (financeira, mão de obra, tempo de execução, etc.).

 

Os tipos de blocos

Bloco estrutural

Como o próprio nome já diz, o bloco de concreto do tipo estrutural é utilizado em paredes de casas e edifícios. Por sua forma e resistência – e apresentar furos em sua estrutura – não exige a presença de vigas e pilares para sua sustentação.

É uma boa opção para diversos tipos de obras, pois consome menos material e exige um número menor de pessoas envolvidas com a execução do projeto. Os furos presentes na estrutura do bloco de concreto possibilitam uma rápida instalação – de redes elétricas e sistemas hidrossanitários.

As estruturas com blocos de concreto não permitem alterações futuras e exigem acompanhamentos criteriosos do projeto e da execução, uma vez que, depois de montadas as paredes, não será mais possível mudá-las de lugar. Basta lembrar que a alvenaria estrutural é construída por meio de módulos e essas estruturas estão ligadas, umas as outras.

Os blocos de concreto estruturais são bastante utilizados em construções de muros em áreas que contemplam: prédios públicos, empresas de médio e grande portes e condomínios.

Bloco de vedação

Diferentemente do bloco estrutural, o bloco de vedação – em momento algum – será utilizado para suporte de estruturas, pois, é fabricado para o fechamento de paredes – assim como os tijolos cerâmicos. Como são empregados, quase que unicamente, em fechamento de vãos – são os mais comuns e baratos entre os tipos de blocos de concreto.

Assim como os outros tipos de blocos, os do tipo vedação apresentam furos para passagens de fios, dutos e tubulações, sem a necessidade da quebra de parede.

Canaleta

Os blocos de concreto do tipo canaleta apresentam forma visual similar aos dois blocos anteriores, porém com um furo longitudinal, mais largo e vazado – o que facilita a passagem de ferragens e concreto.

Muito utilizados em vergas e contravergas, além de cintas de amarração. São colocados como peças de encaixe entre empenas e lajes.

 

Tamanho dos blocos

Bloco 10 – 9 cm de espessura / 19 cm de altura e 39 cm de comprimento.

Indicação: paredes internas de casas.  

Bloco 15 – 14 cm de espessura / 19 cm de altura e 39 cm de comprimento.

Indicação: paredes externas.

Bloco de 20 – 19 cm de espessura / 19 cm de altura / 39 cm de comprimento.

Indicação: paredes externas e fundações.

 

A Piramide Pré-Moldados buscou apresentar, mais uma vez, conceitos e definições que muitas vezes atrapalham a vida do cliente na hora de decidir sobre qual o tipo de bloco de concreto deve ser empregado nos diferentes tipos de obras.

Sempre com o foco no cliente, a Piramide está de portas abertas para orientar e auxiliar na escolha das melhores soluções quando o assunto for pré-moldados. Portanto, não perca mais tempo! Venha conversar conosco, tirar suas dúvidas e conhecer o nosso mix de produtos.

Por | 2019-03-12T18:45:58+00:00 25 de fevereiro de 2019|0 Comentários

Sobre o Autor:

Deixar Um Comentário